A importância da fisioterapia no pós-parto


É normal perder xixi e ter dor na relação depois do parto? Bem normal nunca é, mas pode ser comum.

Vamos entender um pouco melhor como esses sintomas podem afetar a vida da mulher após o nascimento do bebê.

Na gestação, o peso do bebê vai aumentado gradativamente até o parto, esse peso repousa sobre os músculos do períneo, também conhecidos como músculos do assoalho pélvico.




Os músculos do assoalho pélvico são responsáveis pela continência, urinária e fecal, pois garantem o suporte dos órgãos pélvicos (bexiga, útero, ovários e intestino), além disso, esses músculos participam da relação sexual e do parto.

No parto, o bebê passa por esses músculos para nascer de parto normal, o que pode levar a compressão e estiramento de suas estruturas.




Essas alterações na gestação e parto, contribuem para os sintomas de perdas urinárias no pós-parto e para a perda de sensibilidade, prazer e dor na relação sexual.

Treinar os músculos do assoalho pélvico com exercícios melhora a capacidade de sustentar a bexiga e também auxilia no prazer sexual.

Para as dores na relação sexual o foco maior é o relaxamento, com exercícios de respiração, mobilidade da pelve e quadril e massagens.



Sofrer após o parto com esses problemas de perda urinária e dores na relação vão afetar a qualidade de vida cada vez mais se não houver um acompanhamento adequado com fisioterapia pelvica.



Algumas mulheres fazem uso de absorvente para aliviar o incômodo das perdas urinárias e utilizam lubrificante íntimo para aliviar o desconforto da dor na relação, porém isso agrava os sintomas uma vez que não é dada atenção a causa do problema.

A fisioterapia pelvica é a especialidade que cuida da mulher após o parto, principalmente para aliviar as queixas urinárias e de dor.











No mãe-estar contamos com um programa de orientações de exercícios e recomendações após o parto direcionadas para esse cuidado com a mamãe. Gostaria de mais informações sobre este programa? Clique no link abaixo e entre em contato com a gente.


https://wa.me/message/SR44TMFV4XBZH1


Texto de:

Liris Wuo - Formada em fisioterapia desde 2000. Especialização na UNIFESP em 2002 de fisioterapia voltada a reabilitação das disfunções pélvicas e do assoalho pélvico.

Mestrado em trabalhos de pesquisa com um programa de exercícios para mulheres com Dor Pélvica Crônica e a atendimentos em clínica e consultório particulares.

Trabalha com gestantes e fisioterapia pelvica desde 2009.



19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo